11 jan

14 Passos Para Preparar Seu Casamento dos Sonhos

Enfim é chegada a hora de começar a pensar no casamento de forma estratégica, com muito planejamento para que tudo saia do jeito que você sempre sonhou e com o seu perfil. É a culminância de meses ou anos de uma história de amor tão linda que merece ser contada e compartilhada com todos os que torcem por esta nova etapa. Por isso, tudo deve sair, simplesmente, perfeito. Tarefa difícil? Muitas noivas responderiam que sim. Afinal, são tantos os detalhes a serem pensados, itens a serem organizados e escolhas a serem feitas que dificilmente uma noiva não se sente estressada.

Uma forma de minimizar esse sentimento, no entanto, é seguir rigorosamente uma dica valiosa: fazer um planejamento cuidadoso precedido de um Branding de Casamentos. Sim, porque é ele que indicará os caminhos a seguir para que tanto a cerimônia quanto a festa tenham realmente o estilo do casal, refletindo em cada aspecto a essência dos noivos. Uma vez definida a identidade do seu casamento por meio do Branding, aí sim, é a hora do “to do list”. Mãos à obra

Antes de mais nada, o Branding de Casamentos!

Largue caneta e papel e comece, digamos, do início. O que já existe antes mesmo de qualquer preparativo? Vocês, os noivos. Alguns casais são esportistas, outros românticos, outros mais práticos ou com aquele toque vintage, certo? Mas passar essa identidade para uma festa pode ser mais complicado do que se imagina, por isso surgiu o Branding de Casamentos, uma ferramenta que personaliza a ocasião de maneira única, sutil, coesa e harmoniosa.

É como se cada convidado entrasse no Universo do casal, vivenciando a sua essência em cada detalhe do evento. O Branding vai descobrir a marca exclusiva que os noivos possuem e as formas de imprimi-la em todos os aspectos, criando um evento único e memorável. Uma vez realizado esse levantamento de valores e características intangíveis, são traçadas metas, objetivos e estratégias que definirão a comunicação visual da festa, transformando-a em uma data ainda mais especial e facilitando a vida de todos os fornecedores, incluindo a assessora ou planner.

Agora sim, do the list!

Com o Branding de Casamentos pronto e a estratégia definida, pode estar certa de que sua festa será única e inesquecível. Então, agora sim, você vai partir para a sua lista. Procure seguir a ordem para não se perder, ainda que alguns detalhes pareçam meio óbvios.

Blog 4

1. Defina a data do casamento e o tipo de cerimônia

Para a escolha da data, leve em consideração alguns fatores como feriados ou férias e o clima, por exemplo. Decida também se haverá cerimônia religiosa ou só civil e o tipo de local: capela, igreja, casa de campo, praia ou hotel.

2. Confira a disponibilidade dos locais em relação à data

Agora veja a disponibilidade do local para a data escolhida, lembrando que muitas igrejas são tão concorridas que a fila de espera pode chegar a dois anos. Se escolher lugares abertos para a festa, leve em consideração o clima da época, mas não esqueça de fatores como facilidade de acesso, estacionamento ou a contratação de valets, e até a disponibilidade pública do local e licenças, no caso de um casamento na praia, por exemplo.

3. Defina o orçamento

A festa terá o tamanho do seu orçamento disponível, por isso é preciso definir com antecedência o quanto estão dispostos a gastar. Há casais que preferem guardar recursos para a lua-de-mel, outros preferem apostar na confraternização.

4. Comece a lista de convidados

O tamanho da lista vai oscilar de acordo com o seu orçamento e também com o perfil do que vocês resolveram com o Branding: casamento mais íntimo, apenas com os amigos mais chegados e a família mais próxima, ou uma grande festa? Qual o seu perfil? Essa pode ser apenas uma pré-lista, que poderá ser modificada mais adiante. Mas, a partir dela, você já pode começar a escolher o local da festa.

5. Contrate a decoração

Com o Branding de Casamento em mãos, você e a assessora (caso tenha escolhido usar uma), poderão escolher os decoradores e direcionar toda a seleção de móveis, toalhas e flores. Quanto às flores, pense nas que mais gosta mas também se está na época delas pois caso não seja, você pagará mais caro e com chances de não ter flores tão frescas e bonitas no período.

6. Escolha o buffet

A escolha do buffet salgado e doce deve ser baseada em critérios rigorosos de qualidade, mas também de compromisso e responsabilidade. Faça questão de degustar cada escolha, de ver cada item pronto e pesquise sobre problemas anteriores em relação à entrega, como atrasos ou alguma reclamação em geral. Informe-se sobre o fornecimento de garçons, bebidas e equipamentos, assim como mesas e cadeiras, se necessário. E mais: siga sempre as orientações do Branding de Casamentos em relação às cores da mesa, enfeites e acessórios da decoração.

7. Banda ou DJ?

Como todos os itens de um casamento, a música deve refletir a personalidade do casal, mas também agradar os convidados e criar o “clima” da festa. escolher entre banda e DJ faz bastante diferença no mood geral do evento. normalmente um DJ é mais barato do que uma banda e estas últimas muitas vezes não ficam o período de 4 a 6 horas que uma festa costuma durar. Ainda existe a possibilidade de ter os dois: pode-se ter um trio de cordas ou jazz para iniciar a recepção e depois seguir com dj, por exemplo!

8. Defina o lugar para a lua-de-mel

Agora é a hora de definir o local e os dias que ficarão em lua-de-mel e já começar a etapa de reserva de passagens e hotéis. Procure promoções, peça sugestões aos amigos.

9. Papelaria e músicas

Com a lista de convidados completa, é hora de escolher e preparar os convites. Há várias opções, dos mais tradicionais aos mais criativos, com muitos tipos de papel e letras à sua escolha – o importante é que eles reflitam a identidade do casal, e isso já terá sido feito através do Branding de Casamentos. Escolha também a música que entrará na igreja e qual será o tom principal da festa: rock, discoteca, músicas suaves. O ideal é que elas também contem um pouco da história do casal.

10. Com as imagens, um cuidado ainda mais especial

Lembre-se que são elas que ficarão como lembrança física dos sentimentos desse dia, por isso o cuidado deve ser redobrado. 

11. Escolha o vestido e o sapato

Uma vez definida a data e o tipo de casamento, comece a pesquisar os modelos de vestidos de noiva. Ele deve estar de acordo com o restante da celebração e é parte importante do Branding de Casamentos, assim como o traje de daminhas e pajens. Defina também se o noivo vai comprar ou alugar a roupa e como os padrinhos estarão vestidos. No momento de escolher os sapatos, lembre-se de optar por modelos confortáveis e de levá-los nas provas do vestido.

12. Bolo, doces e lembrancinhas

Eles são um dos principais coadjuvantes e elas devem ser feitas para encantar todos os convidados, portanto todo cuidado é pouco: escolha com calma, pesquise os sabores da moda, veja a possibilidade de utilizar frutas da estação, conheça as novidades em confeitaria e crie opções personalizadas.

13. Grave as alianças e escolha o buquê

Com a data definida, as alianças já podem ser gravadas. Como já está na hora de realizar a prova dos arranjos, aproveite e escolha também o buquê, de acordo com as orientações do Branding de Casamentos em relação às cores da festa.

14. Enfim, o Dia da Noiva!

E, claro, não esqueça de você: escolha onde vai passar o seu dia, pesquise sugestões e pacotes em SPAs para o Dia da Noiva e garanta estar linda e descansada no dia mais importante da sua vida, pronta para say I do!

Ufa! Acabou. São muitos passos né? Mas, quanto esforço vale um sonho? Vale cada segundo da sua dedicação. Se você quiser um plus e fazer o casamento ter a cara de vocês em todos os detalhes vem fazer o Branding do seu casamento com a gente. Nosso trabalho é todo feito sob encomenda exclusivamente para vocês. Lembre-se que somos a startup mais moderna do mercado de eventos e por isso vocês podem fazer tudo de qualquer lugar do mundo por vídeo chamadas e acompanhando todo o nosso trabalho online. Incrível, né? Sim, nós somos incríveis e queremos que seu casamento também seja. Vem! Marque aqui sua vídeo chamada no melhor dia e horário para a sua agenda super lotada. Siiiim, somos nós que nos adaptamos à sua agenda.

07 dez

Buffets para Todos os Gostos

Vários aspectos tornam uma festa inesquecível: a decoração, que impacta visualmente e convida à participação; a música, que é capaz de ficar anos na mente quando associada a momentos agradáveis; o aroma, que nos remete de volta ao evento nas ocasiões mais inesperadas; e o tratamento e a atenção dispensada aos convidados, por exemplo, entre muitos outros detalhes que compõem o todo.

No entanto, poucos itens têm o peso do buffet, que atinge praticamente todas as sensações de uma só vez – visuais, gustativas, tatéis, olfativas e até auditivas, em alguns casos. Por isso, escolher o tipo certo de buffet é uma verdadeira arte, capaz de elevar o encanto da ocasião ao status da perfeição.

Mas como escolher o mais adequado, aquele que tem realmente a cara do seu evento? São muitos os tipos de serviços à sua escolha, que deve sempre ser pautada pelo perfil da sua comemoração. O buffet deve refletir, assim como todo o resto, a essência do momento – e o Branding de Casamentos pode ajudar você a captá-la e decodifica-la de forma única. Conheça os diversos tipos de buffet e tenha mais subsídios para a sua decisão.

Buffet ou serf-service: O termo costuma generalizar o serviço de pratos, mas na verdade o buffet propriamente dito é aquele em que os convidados vão à mesa para ser servir. O ideal é que ele seja espelhado, ou seja, a mesma opção seja servida dos dois lados da mesa para que possa atender a duas filas de pessoas. A disposição dos pratos também obedecem a uma determinada ordem, começando pelas saladas e passando para os pratos quentes e carnes. Os doces podem ficar no final da mesma mesa ou em uma mesa à parte. É ideal para ocasiões em que há grande número de convidados.

À Francesa: Considerado o serviço mais sofisticado, nele os convidados ficam sentados em mesas com sousplats, talheres, taças e guardanapos. Copeiras ou garçons servem os pratos, que já vêm prontos e decorados da cozinha seguindo uma sequência de entrada, dois pratos quentes, dois acompanhamentos e duas sobremesas. O serviço à Francesa é usado em eventos de gala e é o oficial em reuniões diplomáticas. O ideal é um garçom ou copeira para cada cinco a, no máximo, oito convidados.

À Brasileira: As travessas são colocadas no centro da mesa e os convidados, sentados ao redor, comem juntos. Garçons servem as bebidas.

À Americana: Muito usado em jantares de caráter mais informal ou almoços de confraternização. Em uma grande mesa os talheres e pratos são colocados em uma ponta e as travessas em outra, os convidados se servem e sentam onde houver lugar ou comem em pé mesmo. A mesa central, no entanto, não pode ser usada e em casamentos fica reservada para os noivos.

À Inglesa: Há dois tipos de serviços. No direto, o garçom traz a travessa e serve diretamente o convidado; no indireto ele faz o prato em mesa auxiliar e serve.

Franco-Americano: Mistura dos dois estilos, os pratos são colocados à mesa em réchauds e os convidados servem-se à vontade. Os garçons servem apenas o cocktail.

Cocktail: Geralmente é servido a partir das 15 horas, e inclui salgadinhos frios e quentes que podem ser servidos por garçons ou espalhados em mesas pelo salão. As bebidas incluem sucos, batidas variadas com e sem álcool, refrigerantes e água, vinhos e champanhe dependendo do horário. Nos casamentos, ao final há o corte do bolo.

Brunch: Mais intimista, geralmente é servido entre 11h e 14h, com salgadinhos, frios, sucos, batidas, iogurte, bolos, frutas, tortas doces e salgadas, quiches, pratos quentes e frios. Como o nome já indica, é uma mistura de café da manhã com almoço e pode incluir ainda saladas servidas e taças e massas quentes, além de bebidas alcoólicas.

Finger Food: Caracterizado por pequenas porções criadas com muito esmero visual, incluem mini quiches, wraps, saladas, pratos quentes, sticks, canapés e miniaturas muito variadas servidas em bowls, taças e louças feitas especialmente para as finger foods espalhados em mesas pelo salão. Os próprios convidados se servem, incentivando a integração, mas deve haver pelo menos um garçom para cada 20 convidados. O cardápio é elaborado de acordo com o perfil da festa e vale a pena investir na decoração da mesa.

Degustação ou menu volante: Garçons servem pequenas porções de salgados e petiscos em mini panelinhas, bowls e tijelinhas de materiais variados e bem diferentes, como porcelana, prata e vidro. Ideal para festas modernas, em lounges, a ideia é dispensar mesas e talheres, de forma que os convidados possam comer em pé enquanto dançam e conversam.

E então, ficou mais fácil decidir o tipo de buffet que terá na sua festa? Não esqueça que quanto mais personalizada ela for, mais sucesso ela fará.